quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Seção Peludas na Playboy6: Lídia Brondi - Section Hairy Girls in Playboy6: Lídia Brondi


















Lídia Brondi Resende, 29 de outubro de 1960 é uma atriz brasileira.
Em 1975, estréia na televisão, participando do seriado Márcia e seus Problemas, da TV Educativa. Convidada pelo direitor Walter Avancini, ingressa na Rede Globo, líder de audiência na televisão brasileira, onde estréia na telenovela O Grito, de Jorge Andrade.
Em 1978, ascende de fato ao estrelato entre os nomes de sua geração com a novela Dancin' Days, de Gilberto Braga, onde, contracena com o ator Lauro Corona, tornando-se a ninfeta mais desejada do Brasil nos anos 70.
No cinema, Lídia estreou em 1980 em Perdoa-me por Me Traíres, de Braz Chediak, baseado na obra do dramaturgo Nelson Rodrigues. Mas seu filme mais famoso é O Beijo no Asfalto, também baseado na obra de Nelson Rodrigues, dirigido por Bruno Barreto. Suas cenas de nudez nesse filme tornaram-na mais popular (a cena do chuveiro onde ela aparece peluda é inesquecivel).
Lídia Brondi enveredaria pelo cinema ainda uma terceira vez, em 1987, quando fez Rádio Pirata, de Lael Rodrigues (também aparece nua e peluda).
Em telenovelas, teve inúmeras participações, sendo a última delas em Meu Bem, Meu Mal (1990), de autoria do seu sogro Cassiano Gabus Mendes, após a qual abandonou a carreira artística e a vida pública.
Lídia posou para a revista Playboy, pela primeira vez, em julho de 1980 onde foi capa mas não posou nua.
Voltou à revista, desta vez realmente posando nua, em agosto de 1987 (edição 145) em Edição Especial.
As fotos são desse ensaio de 1987 onde Lídia Brondi aparece bem peluda.
Lidia Brondi Resende, October 29, 1960 is a Brazilian actress.
In 1975, debut on television, participating in the series Marcia e seus problemas, in TV Educativa. Invited by direitor Walter Avancini, enter the Rede Globo, a leader in television audience of Brazil, where soap debut in O Grito of Jorge Andrade.
In 1978, amounts in fact to stardom among the names of his generation with his novel Dancin 'Days of Gilberto Braga, where plays with actor Lauro Corona, becoming the most desired brunete of Brazil in the 70s.
In the film, Lidia debut in 1980 in Perdoa-me por Me Traíres of Braz Chediak, based on work by the playwright Nelson Rodrigues. But his most famous film is The Kiss on Asphalt, also based on the work of Nelson Rodrigues, directed by Bruno Barreto. Its scenes of nudity in this film made her more popular (in the shower scene where she appears hairy is unforgettable).
Lidia Brondi enter to the movies yet a third time in 1987, when he made Rádio Pirata, from Lael Rodrigues (also appears naked).
In soap operas, has a number of shares, being the last of them in Meu bem, Meu mal(1990), authored his father-in-law of Cassiano Gabus Mendes, after which left the public life and artistic career.
Lidia posing to Playboy magazine for the first time, in July 1980 where he was posou cover but not naked.
She returned to the magazine, this time really posing naked, in August 1987 (issue 145) in special edition.
The photos are that the 1987 test where Lidia Brondi appears well hairy.

10 comentários:

Ronaldo Moreira disse...

Ela é linda, mas ainda quero ver o dia em que a Playboy terá coragem de publicar uma axila peluda!

Slowdeat disse...

Ela é gostosa mesmo.
Mas acho muito difícil nos dias atuais a Playboy colocar uma mulher com as axila peludas.
Infelizmente.

Montana disse...

Concordo, muito linda e gostosa ela! Filme dela que não me esqueço é O Beijo no Asfalto (1980), linda demais o filme todo, mas aquela cena do chuveiro, citada aí, é clássica e inesquecível!

É verdade, tb creio que nunca veremos uma mulher com as axilas peludas na Playboy, ainda mais atualmente, diante dessa ridícula ditadura da depilação. Cada vez pior, já que com esse Photoshop até a foto é modificada, para tornar a beleza feminina algo extremamente perfeito. Detesto isso. A beleza feminina é pra ser mostrada naturalmente, como era antes!

Slowdeat disse...

Concordo, Beijo no Asfalto é mesmo o melhor filme que a Lídia participou, além da cena do chuveiro tem uma q ela vai procurar o Ney Latorraca e fica nua pra ele que é muito boa.

Quanto a Playboy é praticamente impossivel e concordo com vc, eu odeio o maldito photoshop como mostra o meu orkut.

Abc

Eduardo disse...

esperei toda a adolescencia pra ver a lidia brondi pelada. valeu apena, principalmente por aquelas fotos dela de costas na frente da banheira, deitada com a budna bem a mostra e cortando as unhas dos pés

Slowdeat disse...

Ela sempre foi linda mesmo, e essa Playboy foi especial, pois veio uma revista especial só com as fotos da Lidia.
Inesquecivel.

Edson Freitas disse...

Ela é tudo de bom, pena que tenha abandonado o vídeo.

Anônimo disse...

EU SEMPRE AMEI ESTA MULHER....
AGOR IREI ME ACABAR,COMO É DIFICIL ENCONTRAR FOTOS DELA,A QUERO NEM QUE TENHA 90 ANOS...






Augusto.

Anônimo disse...

Beijo no Asfalto também tem excelentes cenas de nudez da atriz Cristiane Torloni. Impossível não mencionar! Por isso, o filme é uma boa dica para os fãs da Cristiane.

Anônimo disse...

muito gostosa mesmo,pena não poder ver o glelinho dessa gostosa melhor...ADORARRIA EU MESMO RASPA ESSA BUCETINHA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...